#003 notas poéticas – OCEANO DE PERCEPÇÕES por Edhiene Vilhena Braga

OCEANO DE PERCEPÇÕES

Quando você pousou o seu olhar no meu,
eu vi um oceano de estrelas.

Miríades de sóis brilhavam na tapeçaria sideral.
No silêncio do seu amor,
você me disse,
em Espírito e Verdade:
“A gente se achou…”

Senti o infinito
preenchendo o finito de minhas percepções.
O Uni-Verso:
o Uno preenchendo os muitos versos do meu ser.

A plenitude do Amor
pulsando na vacuidade do meu ego.
O Grande Anônimo no meu pequeno eu.

As vagas da Sabedoria Universal
beijando secretamente as praias do meu coração.

Na serenidade do seu olhar,
eu me vi como uma pequena gota;
Você veio como uma onda;

Eu como o oceano de bem-aventurança.
Ao mesmo tempo, ecoavamos a mesma vibração,
o mesmo toque celeste em todos os seres vivos.

Desde as esferas espirituais até o âmago da Terra,
a mesma harmonia interdimensional.
Então,Você me disse,de coração a coração:
“A gota faz parte da onda, que, por sua vez, faz parte do oceano”.

E eu pequena gotinha quero viajar na sua onda…

Edhiene Vilhena Braga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *