#004 criticamos – A Lenda dos Guardiões (2010)

*atenção, esse texto contém spoilersCorujas, sim, um filme interinho com corujas. Tinha tudo para ser fofo e chatíssimo, mas Zack Snyder está no comando, e transformou essa história em uma aventura super divertida e emocionante!

Sem duvida alguma, A Lenda dos Guardiões é uma das animações mais bem produzidas que eu já vi. Por varios momentos no filme me peguei pensando se algumas das cenas não teriam sido gravadas com corujas de verdade, tamanha a perfeição nas cenas. Tudo isso unido ao talento de Zack Snyder só podia dar muito certo. E deu.

O filme conta a história de Soren (voz de Jim Sturgess ), uma coruja sonhadora, que cresceu ouvindo do pai, contos sobre os lendários Guardiões das Terras de Ga’Hoole, bravos guerreiros que enfrentaram e derrotaram os cruéis Puros, em uma batalha épica muitos anos antes. Seu irmão Kludd cresceu ouvindo as mesmas histórias, mas nunca sentiu nenhuma afeição pelos lendários guerreiros de Ga’Hoole, sempre zombou do irmão por ser um “sonhador”.

A inveja que Kludd tem de seu irmão Soren é muito bem exposta logo no inicio da aventura, pois esta inveja é um dos pilares do roteiro, que explora muito bem a relação entre os dois irmãos. Isso sem contar em outros inumeros personagens que aparecem durante a trama, que dão sustentação a história e auxiliam na melhor definição do caráter dos dois jovens.

Durante um treino de vôo noturno, os dois irmão se vêem numa enrascada, pois caem do ninho, e como são muito jovens, ainda não sabem voar. Nesse momento eles são capturados por corujas enormes, e são levados junto com outras jovens corujas, para o local o onde os malévolos Puros estão preparando sua vingança contras os guerreiros de Ga’Hoole, que outrora os derrotaram.

Lá eles encontram um exército de corujas sendo formado por Metalbeak, líder dos Puros, conhecido por seu bico ter sido destruído durante a batalha contra os guerreiros do bem, líderados por Lize de Kiel, herói das histórias contadas pelo pai de Soren. Metalbeak usa uma mascara de ferro para esconder as cicatrizes da batalha!

Mesmo capturado, Soren não desiste de sonhar e acrditar que existe uma maneira de libertar seus amigos e seu irmão Kludd, esse que por sua vez não quer mais voltar pra casa e é recrutado como soldado de Metalbeak, se tornando imediatamente inimigo de seu próprio irmão. Soren porém conta com a ajuda de uns dos soldados de Metalbeak para fugir e encontrar os Guardiões, que até então ele acreditava ser lenda. Nessa jornada em busca dos ledários guerreiros, Soren conta com a companhia de Gylfie, uma bela coruja-anã, que também havia sido capturada.

A jornada em busca dos Guradiões nos mostra belas imagens, e cenas incríves, que mostram a forma diferenciada de Zack Snyder filmar. Como já dito antes o roteiro é muito bem organizado e conta a historia de forma eficaz, dando espaço para o desenvolvimento de cada personagem. A direção de Snyder eleva a historia com cenas épicas, desde os vôos alucinantes, as batalhas que por incrível que pareça são lindas e bem executadas. Eu tive medo do diretor usa em excesso o efeito “slow motion”, mas ele foi ponderado e usou apenas o necessário.

O filme não é perfeito, cai nos clichês do mocinho que acredita que todo mundo é bonzinho e tem salvação, e no vilão com cicatriz na cara que quer dominar o mundo, mas aqui até mesmo os clichês são bem usados na trama. Ponto pro Zack!!

A aventura de Soren é emocionante, com batalhas épicas e muita diversão, um filme para assistir com a familia toda, pois todos vão amar essa historia de amizade, união e garra.

Nota 8,5

De uma olhada no trailer logo abaixo:


Trailer A Lenda dos Guardiões (dublado) por amplitudebyenzo

Diego Pitta

Conéfilo Estagiário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *